Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



a racionalidade perturba-me.

por Maria, em 25.11.10

És forte. Persistes em não me largar.

Tenho-te apagado aos poucos, tentado não desanimar.

Fazendo-me forte, dizendo que nada nem ninguém me incomodará.

Mas já incomodaste e muito.

Já destruiste tudo o que tinhas a destruir.

Restou isto, montes de palavras gastas e sem sentido.

Já nada importa. Nem a ti, nem a mim. Escrever para quê? Para maltratar, para tornar a dor mais fraca, mais lenta, menos dolorosa?

Talvez seja essa a razão. Ou não.

Já não sinto nada. Já deixei de sentir à muito.

Para escrever é preciso pensar.

Pensar faz lembrar.

Lembrar traz recordações.

E as recordações magoam ainda mais.

Talvez seja essa a razão pela qual deva deixar de escrever, a mesma razão pela qual não toco nunca mais.

A razão que sempre foi uma só. You.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:51


9 comentários

De » Alexandra C. a 25.11.2010 às 16:26

Ohhque shit -.- e agora como é que falo cntg? --' deixa-o desligado um boacado amor :S
ahh amor, vai ao post que diz private e ve o ultimo comentario :X

AMO-TE

De » Alexandra C. a 25.11.2010 às 16:30

foi amor :S
bah :x
o queq eu faço -.-

desmonta-o todo, tira, bateria, cartao, e deixa-o estar assim. isso j aconteceu uma vez a mim -.-

De i. a 25.11.2010 às 17:00

não faz mal se olharmos para trás, mas isso não nos afectar .. <3

De anafilipa a 25.11.2010 às 18:36

Obrigado eu :$
Beijinhos

De M a 25.11.2010 às 18:54

de nada (:
pois são (:
vais chegar lá, mais rápido que pensas (;

De mariana ♥ a 25.11.2010 às 19:11

identifico-me tanto neste post *-*

De AnaS a 25.11.2010 às 19:41

Maria, não sou a melhor pessoa para dar conselhos, e além disso também não sei há quanto tempo é que isso te aconteceu (ele), mas vou-te dizer o mesmo que disse à minha melhor amiga :)

'Ao princípio, quando é tudo muito recente, queres muito seguir em frente. E queres tanto, que te iludes a ti própria e achas que já não precisas dele e que estás muito bem, que vais ultrapassar tudo depressa. Mas depois, quando se passam 2 meses ou menos, percebes que não é bem assim. E é aí que passas a ficar como eu fiquei: deprimida, sem grande vontade de fazer nada, de mau humor dia sim, dia não, etc. Mas depois … depois percebes que ainda tens muito para fazer, que tens amigos e amigas que só te querem ver bem, e passas da ilusão para a realidade. Depois, passas da ilusão para a realidade e … deixas-o ir. Mas antes de conseguires fazer isso, ainda tens que passar pela fase de o odiares, de teres saudades dele e de estares muito muito triste.'

De G a 25.11.2010 às 20:46

de nada (:
gostei muito *-*

De Dri a 25.11.2010 às 22:35

OLA
PARA JA TAMBEM ANDO BEM...:D

Comentar post




Something to Read

...the one that got away...

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Presente

Maria. Braga. 19 anos.

Passado



Info.

Desde: Abril de 2010
Blog Pessoal


Copyright

Copiar é feio. Se quiseres algo daqui pede autorização. Os textos que não são meus estão entre aspas e as minhas imagens estão com a tag 'fotos minhas' (são raras e nem todas estão com essa tag - porque na altura em que criei o blog não ligava muito a isso). Obrigada.