Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


when?

por Maria, em 09.05.12

Gostava de encontrar um amor, que não fosse embora, que apenas ficasse. Gostava de cuidar dele e gostava que ele cuidasse de mim como se mais nada importasse. Gostava de encontrar o amor verdadeiro e que fosse mútuo. Gostava que ele lutasse por mim até ao fim e que eu pudesse dizer que realmente o "possuo". Gostava, mas gostava muito de ser tudo pra ele. Gostava, e um dia isso acontecerá. Não será hoje, não será já amanhã... mas um dia, ele realmente virá.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:07

Desculpa, mas eu não vou mais implorar pelo seu amor.

por Maria, em 08.05.12

 

 

Há momentos que são dificeis de esquecer e são os que mais magoam ao relembrar quando já nada faz sentido. Por isso gostava de os esquecer, gostava de perder o amor que tenho por ele. A nossa história está escrita, eu já o tinha dito muitas vezes e continuo a dizer: eu e ele não fomos feitos para estar juntos. Temos feitios muito parecidos, maneiras de pensar diferentes, somos nós, demasiado errados. 

E a vida segue, hoje é um drama e amanha já estarei habituada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:17

Pensamentos pouco doces.

por Maria, em 15.04.12

Oh eu sei, não devia falar tanto disto, ou pensar nele o dia todo, não deveria sequer chatear-me por qualquer coisa... Sou um pouco fácil de irritar, já tinha dito, e é verdade. Odeio que me "ignorem", odeio que me contrariem, odeio que me façam esperar, odeio que me tentem acalmar daquela maneira mais irritante. Não compreendo, nem vou compreender o porquê de ter tão pouca confiança... 

Mas esteja onde estiver eu vou pensar sempre nele, acordo a pensar nele, deito-me a pensar nele... Sinto saudades dele minutos depois de ter estado com ele, ou melhor fico com saudades mesmo antes de ele ir. Não me queria envolver demasiado, essa é a verdade, talvez porque eu ainda não acredite que vá funcionar. Gostava de ser mais segura, queria que ele me desse mais confiança. Não é por mal. Mas por vezes sinto isso. Já falta pouco para se ir embora e eu tenho medo que tudo mude no dia em que ele meter os pés naquele país. Não posso ignorar esta questão, nem que ele me peça. Algo me diz que não vai dar certo. Eu costumava ser tão positiva, e agora? Onde está a antiga Maria?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10

The one that got away

por Maria, em 21.03.12

Saber que ele vai para longe de mim faz-me tão mal... 

Saber que não vou poder estar com ele sempre que me sentir menos bem, sempre que estiver feliz, ou sempre que me apetecer um abraço... 

Alguém me compreende?

Vai ser tão dificil, tão dificil... Nunca pensei que me fosse acontecer a mim. Só ele me faz sentir assim, só ele tem esse poder de me fazer feliz ou muito triste. Adormecer com a ideia de que não o vou ter durante meses, que só o vou poder ver nas férias, que só o vou poder sentir tão raramente, aperta-me o coração...

As escolhas são sempre tão dificeis, sempre tão complicadas. Porque tem de ser sempre assim tão complicado? Para nós nunca nada foi fácil, já tivemos tantos altos e baixos, e agora ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28

just saying

por Maria, em 28.02.12

FUCK THE FUTURE

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:02



Something to Read

...the one that got away...

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Presente

Maria. Braga. 19 anos.

Passado



Info.

Desde: Abril de 2010
Blog Pessoal


Copyright

Copiar é feio. Se quiseres algo daqui pede autorização. Os textos que não são meus estão entre aspas e as minhas imagens estão com a tag 'fotos minhas' (são raras e nem todas estão com essa tag - porque na altura em que criei o blog não ligava muito a isso). Obrigada.