Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



You're not my fucking inspiration anymore

por Maria, em 18.07.12

 

Quero apagar cada momento contigo, desde o primeiro dia, até ao último. Vou apagar aquela imagem de puro desprezo, a única que guardo de ti. Vou deixar que as palavras, que aqui estão contidas, se percam na imensidão do tempo e vou viver a minha vida sem esse passado que só me fez mal.

As ilusões foram vencidas pelas inúmeras desilusões que me causaste. Provocaste muita merda em mim. Fizeste de mim um objecto manipulado, conseguias fazer de mim tudo o que querias. Mas agora basta, eu estou aqui a escrever. Quero que te fodas, a ti e ao teu amor falso. Quero que te fodas e que vás pra longe e não voltes mais.

Obrigada por mais uma vez me abrires os olhos, consigo ver o quão mau e criança és. Já pensaste que a tua vida não pode ser assim? Já reparaste que não vais longe assim? Que merda de vida é essa? Pensa bem meu amor, pois no dia em que bateres de frente com a realidade, como eu bati, vais sentir a maior dor de sempre. Nesse dia não estarei lá pra te levantar, tal como tu queres.

Trata de ver bem o que é melhor pra ti, porque pra mim, eu já percebi à muito que o melhor é estar sem ti.

Já estou a tratar do meu futuro e tenho a certeza de que o meu futuro não é contigo, mas sim com uma pessoa que me respeita, que me dá carinho e atenção, alguém que de facto merece o meu amor. Alguém que não é como tu.

E sabes? Não acredito em príncipes encantados nem em homens perfeitos, mas acredito que há sempre alguém com menos defeitos e que luta para não ser assim como tu. 

Queres um conselho? Trata de mudar esse teu mau carácter porque um dia estarás sozinho, e olha que o karma tarda, mas vem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:38


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Presente

Maria. Braga. 19 anos.