Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



make the diference

por Maria, em 27.12.10

 

Não gosto de imitações, não gosto particularmente de ser igual a toda a gente. Quero marcar pela diferença e não me importo com aquilo que outras bocas possam dizer. Porque quem fala dos outros não tem amor próprio, não sabe viver a sua própria vida, é apenas um ser sem cérebro.

Porque é que alguém por usar um determinado tipo de roupa ou por gostar mais de ler, por não fazer aquilo que toda a gente faz, por ser mais fechado, ou por ser extrovertido de mais, por fumar, por estudar, por nunca ter namorado, por ter tido um harém, por seguir uma religião que não a tua, por beber, por nunca sair, por ser mais baixo, por ser gordo ou magro de mais, por ser aquele que é o excluido, porque é que é diferente? Não precisas de falar. Primeiro olha para ti, vê os teus defeitos, orgulha-te de ser diferente de todos os outros e nunca, mas mesmo nunca critiques aqueles que não conheces, nem julgues as pessoas por aquilo que te dizem, ou melhor julga-te a ti e não aos outros.

 

P.S. Não escrevi isto para ilustrar a minha vida, só me apteceu dizer isto porque é o que acontece diariamente com toda a gente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:17


1 comentário

De Ritinha a 27.12.2010 às 21:07

Concordo contigo, eu este ano fiz coisas que não esperava fazer mas fiz porque queria a uma amiga minha que ve que eu tou super diferente disse que é porque eu sou influencida ou porque os outros fazem, não eu fiz isto porque eu queria e me apetecia não porque ninguem me obrigou.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Presente

Maria. Braga. 19 anos.